Links Úteis

Links relacionados com nosso segmento:
SIBEM
Veja quais são as empresas parceiras da Vida nas principais capitais do Brasil.
SIEM
SIEM une todas as empresas de APH parceiras na América Latina. A Vida UTI Móvel faz parte desta lista!
Urgência ou Emergência? PDF Imprimir E-mail

Saber como se comportar no caso de uma situação de EMERGÊNCIA ajudará a ter a tranqüilidade necessária para controlar corretamente a situação.

Em um momento de crise envolvendo uma pessoa próxima, mantenha a calma, pois, você fará parte da equipe de atendimento.


Saiba como diferenciar uma EMERGÊNCIA de uma URGÊNCIA.

EMERGÊNCIA

O atendimento deverá ser IMEDIATO em situação SÚBITA aguda, NÃO HABITUAL, que implica RISCO de vida IMINENTE.

  • Dor intensa, especialmente no peito, opressiva, irradiada ou não para os membros superiores, queixo, estômago, associadas ou não a suores frios, falta de ar e náuseas;
  • Alteração súbita do nível de consciência, dificuldade de falar e de movimentar um ou vários membros;
  • Perda de sangue em grande quantidade;
  • Quando alérgico grave, placas vermelhas e inchadas no corpo, tosse e falta de ar;
  • Falta de ar intensa, chiado no peito, suores, incapacidade de permanecer deitado, com pele, lábios e língua arroxeados;
  • Movimento do tipo tremores, ou abalos em todo o corpo ou partes dele, com desvio dos olhos e repuxo da boca;
  • Aumento súbito da pressão arterial, acompanhada por dor de cabeça, tonturas, falta de ar. Pode ocorrer perda da visão na crise;
  • Acidentes graves;
  • Perda de líquidos (sangramento, diarréia, vômitos), com queda súbita da pressão arterial, sede intensa, palidez, perda de força e extremidades frias. Há ainda sudorese;
  • Fraturas com hemorragia ou perda da consciência;
  • Afogamentos;
  • Choques elétricos;
  • Intoxicações graves;
  • Aspiração de corpos estranhos.

URGÊNCIA.

Situação aguda, NÃO HABITUAL que aparece em geral de modo súbito, SEM RISCO de vida iminente ao paciente, mas que impossibilita a ida até o médico. O atendimento será prestado em um prazo de até uma hora.

  • Febre elevada de causa não esclarecida e rebelde aos antitérmicos, com dor de cabeça intensa ou antecedente de crise convulsiva;

  • Dores de cabeça súbitas e de forte intensidade, não habituais e que não cedem com os medicamentos comuns;

  • Tonturas intensas acompanhadas de perda súbita de equilíbrio ou de sonolência;

  • Dor lombar súbita muito intensa, acompanhada de náuseas, vômitos e alterações urinárias;

  • Cortes profundos;

  • Fraturas sem hemorragia;

Nos casos de dúvidas ou em situações que não caracterizem emergência e/ou urgência não hesite em nos chamar: você contará com um serviço de Tele Orientação Médica 24 horas por dia.

Última atualização em Qua, 11 de Novembro de 2009 15:01